Sobre


Eu sempre quis ter um blog. Ensaiei diversas vezes nos blogs gratuitos, mas eu tinha vergonha, aí escrevia, mas não mostrava pra ninguém, passava um tempo eu ia lá e deletava. Já criei blog de tudo: referências de looks, de decoração, de coisas curiosas que eu encontrava pela internet, de referências de vitrines. Ih! Tanta coisa! Isso tudo antes (BEM antes) de existir algo tão maravilhoso como o Tumblr ou o Pinterest, ou mesmo o Instagram ou Facebook (saudaaades ICQ e Orkut. Ok, mentira). Ou de blog ser um trabalho. Nessa época blog era tipo um diário, só que online. Estava a quilômetros luz de ser tudo isso que é hoje.

Aí eu amadureci (um pouco). Perdi a vergonha de escrever. Me formei publicitária. Nesse meio tempo, conheci e acompanhei muitos blogs de beleza, comportamento, moda, universo feminino, decoração, enfim. De temas que eu amo. Isso era láááá em 2007. E vários deles eu acompanho até hoje. Ver o crescimento dessas blogueiras me deixou feliz e também arrependida de não ter feito isso antes.

Nessa época (2007) minhas amigas nem eram muito ligadas em blogs e vídeos. Não era tão popular. Mas eu aprendia muitas coisas em blogs e canais do YouTube. Nunca gostei de me maquiar em salão, sempre fiz minha maquiagem e cabelo em casa, mas vendo esses vídeos eu aprendi algumas técnicas que deixavam todo mundo próximo de mim perguntando “nossa, tu que fez? Como tu consegue fazer isso sozinha? Onde tu aprende essas coisas? Ai,  me  ensina?”. Até que veio uma e outra e falou a frase mágica: “Guria,  porque tu não faz um blog?”

Pronto. O incentivo que faltava apareceu. Planejei, pesquisei, fiz orçamentos, porque se é pra começar nesse negócio eu já queria chegar chegando! E aí, depois de várias noites em claro, milhares de anotações, eu precisava de um nome. A lista do meu brainstorm tinha tranquilamente uns 30 nomes. Mas sempre é aquele que tu menos espera. Vem no banho, o Eureka, aquele que tu sente que é pra ser. Nasceu o Dona Bibiana. Eu achei perfeito porque tem o meu nome, que me foi dado por causa da personagem do livro  O Tempo e o Vento. Nesse livro chamam a Bibiana de Dona. E quando as pessoas tão indignadas comigo por qualquer motivo besta como: como tu fez esse penteado sozinha? sempre vinham com uma vírgula e a pergunta ficava: como tu fez esse penteado sozinha, dona Bibiana?

Não é exatamente o nome que eu precisava? Eu achei que sim.

E aqui, agora, eu tenho espaço pra compartilhar as coisas que eu gosto, as coisas que eu sei, as coisas que eu aprendi. E eu não tenho mais vergonha. É meu passatempo preferido, eu amo internet, eu amo o mundo dos cosméticos, de looks do dia, de dicas que facilitam a vida, de achados baratinhos. Quero gastar bastante tempo da minha vida fazendo isso.

Hoje, além de publicitária, dona de casa e blogueira, eu sou proprietária da Triângulo Assessoria, uma empresa com foco em criação e construção de marcas através da produção de conteúdo na Internet. Mas também ofereço outros serviços como pesquisa de comportamento, planejamento de comunicação, entre outros.

Bem  vindos  todos!

Beijos

Bibi